Ecotelhado

CONHEÇA O PROJETO SUSTENTÁVEL COM TELHADO VERDE DO IFB: UM DOS POUCOS EM ÓRGÃOS PÚBLICOS EM BRASÍLIA

5 de abril de 2017

O Campus Brasília do Instituto Federal de Brasília (IFB), construído em uma área total de quase 40 mil m² é lindo e tem pegada ambiental. São mais de 30 mil m² de área construída, que tem uma biblioteca, piscina coberta, ginásio poliesportivo, um auditório com 220 lugares, um teatro com capacidade para receber 1.200 pessoas, quatro blocos de salas de aula e laboratórios.

Além da funcionalidade dos novos prédios, que servirão de suporte para a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, disponibilizando os espaços para eventos e encontros da rede, o projeto foi pensado para economia de energia e menor impacto ambiental possível. Entre outros diferenciais, os prédios contam com um telhado verde que capta as águas das chuvas, diminuindo o calor – principalmente no último andar dos prédios –, com o objetivo de economizar até 40% de energia elétrica decorrente dos ar condicionados. Além disso, essa mesma água, que é acumulada da chuva, também é utilizada para irrigação das plantas e descarga dos sanitários. A água excedente passa por um tratamento parcial, para ser armazenada em um reservatório, para ser utilizada em épocas de seca.

Sistema Laminar Alto da Ecotelhado no Campus da IFB em Brasília

Em tempos de racionamento de água, o Instituto Federal de Brasília (IFB) é modelo em construção ecologicamente correta e de sustentabilidade entre os órgãos do Governo Federal com sede na cidade. O projeto do IFB Campus Brasília é um dos poucos na cidade que possui telhado verde. A proposta ecológica é parte de um extenso programa de implantação de diversas escolas técnicas do Brasil.

Tanto no bloco das salas de aula quanto no bloco administrativo, as lajes impermeabilizadas são cobertas por um sistema chamado Laminar Alto. Este projeto é executado com a colocação de módulos de concreto leves e expandidos por todo o pavimento e preparados para receber as plantas de porte pequeno resistentes à seca.

Para a Diretoria de Engenharia do IFB, a estimativa de economia de água nos tanques colocados na cobertura dos dois blocos para retenção de água das chuvas é de aproximadamente dois meses de irrigação da área externa. “Nosso projeto realmente traz economia no consumo de água. Além desse reaproveitamento, reduzimos consideravelmente o uso de ar condicionado com o isolamento térmico provocado pelo sistema da Ecotelhado. Bem-estar para alunos e servidores”, explica Izabel Cristina de Oliveira, engenheira do instituto.

Entre outras vantagens do Sistema Laminar Alto estão a diminuição da poluição e melhora da qualidade do ar das cidades; o combate aos efeitos de ilhas de calor nos tempos de seca; melhoras no isolamento térmico da edificação e manutenção da temperatura interna naturalmente; maior retenção da água das chuvas, pois a vegetação auxilia na drenagem da água e reduz assim a necessidade de escoamento de água e de sistemas de esgoto; diminuição de possibilidades de enchentes devido  a retenção de água da chuva; redução do consumo de energia com menor uso de ar condicionado e; aumento da biodiversidade atraindo pássaros e borboletas.

Obra em 2013

 

Referências | Site IFB;

Adaptação e edição do texto | Catarina Schmitz Feijó

Ecotelhado
A Ecotelhado é a melhor empresa de soluções para arquitetura sustentável do Brasil. Navegue pelo site e veja o que podemos fazer pelo seu projeto.