Unisinos RS

E se a Torre Eiffel fosse uma construção sustentável?

Publicado

Aproveitar um dos maiores monumentos do mundo para promover a sustentabilidade foi a tarefa de uma empresa de planejamento urbano da França, a Ginger, que desenvolveu um plano para converter a Torre Eiffel em uma árvore gigante.

A ideia seria cobrir a construção com 600.000 plantas, distribuídas nos 324 metros de altura da torre através de 12 toneladas de tubos de borracha, que instalariam também a vegetação de maneira que ela pudesse crescer organicamente.

De acordo com a empresa responsável pelo projeto, o custo total da ‘Torre Eiffel ecológica’ seria de 72 milhões de euros. Outro número gigante: a reforma poderia eliminar 87,8 toneladas de dióxido de carbono na capital francesa.

O projeto, ainda não aprovado, gerou controvérsia entre governo, população e imprensa da França, já que alguns defendem a reformulação em busca da reconciliação de Paris com a natureza, enquanto outros dizem que tudo faz parte somente de uma ‘moda sustentável’ que destruiria o patrimônio.

O jardim vertical entraria na estrutura da torre através da instalação de luz LED feita há mais de dez anos para shows noturnos, o que não comprometeria a base. O peso total da cobertura de vegetação seria de 378 toneladas, que teria ainda um sistema de irrigação.  E você, o que acha da ideia?

Posts relacionados:

>>> Conheça o jardim vertical

>>> Energia Solar está mais barata

>>> Cingapura: a cidade mais verde da Ásia