bioconstrução

O que é bioconstrução e por que investir neste tipo de composição

Publicado

Você sabe o que é bioconstrução? O termo, ainda pouco conhecido no Brasil, garante cada vez mais adeptos ao redor do mundo. Os motivos? De forma resumida, podemos destacar os seus benefícios relacionados à economia e também aqueles ligados à preservação do meio ambiente.

Quer saber mais sobre o que é bioconstrução e por que investir nesse recurso? Siga a leitura do artigo!

Afinal, o que é bioconstrução?

O termo bioconstrução se refere a construção de ambientes sustentáveis, por meio da utilização de materiais de baixo impacto ambiental, adequação da arquitetura ao clima local e tratamento de resíduos.

O Ministério do Meio Ambiente explica que devemos pensar na sustentabilidade em nível local (cuidado com a terra, manejo sustentável das matas, extração consciente dos recursos) e em nível global.

Para colaborar para a construção de um mundo mais sustentável devemos, por exemplo, consumir com cuidado, dando preferência a produtos da região, e optar pelo uso de energias renováveis.

Um exemplo relevante de bioconstrução é a utilização de telhados verdes no local dos telhados convencionais.

O Ecotelhado, evolução dos telhados verdes, integra todas as vantagens de um jardim suspenso, com a captação de água da chuva, o tratamento de efluente (esgoto sanitário), a captação da energia solar e muitos outros benefícios.

Funciona como um isolante térmico e absorve 30% da água da chuva reduzindo a chance de enchentes nas cidades. Ou seja, quanto mais telhados verdes, menos possibilidades de enchentes.

Conheça os benefícios do telhado verde, exemplo de bioconstrução

Como vimos, o telhado verde é um exemplo perfeito de bioconstrução. Quer saber os motivos pelos quais ele ganha tanto destaque em projetos sustentáveis? Siga a leitura dos tópicos abaixo:

Isolamento térmico: você sabia que em dias quentes as telhas convencionais podem ultrapassar os 50ºC? Nos telhados verdes, as biocoberturas permanecem mais frias do que a temperatura do ar, garantindo maior conforto térmico.

Com o Ecotelhado a cobertura vegetal se encarrega de dissipar ou consumir esta energia pela evapotranspiração e pela fotossíntese, reduzindo significativamente a amplitude térmica do interior do prédio.

É uma ótima solução para a redução das ilhas de calor nos centros urbanos, diminuindo o consumo do ar condicionado e auxiliando no conforto térmico do micro e macro ambiente externo.

Economia de energia: pelo fato dos telhados verdes proporcionarem maior conforto térmico ao ambiente, o uso do ar condicionado e de ventiladores é também reduzido. Assim, há redução na cobrança da conta de luz.

Benefícios ao meio ambiente: o telhado verde combate o efeito estufa, pois a vegetação presente absorve poluentes do ar. Além disso, retém a água das chuvas, diminuindo as chances de enchentes, filtra os poluentes nas águas pluviais.

Contribui para formação de um miniecossistema, atraindo diversos pássaros, borboletas, joaninhas, abelhas, que foram eliminados do ambiente com o crescimento urbano.

Ajuda na pontuação de certificações como o LEED (Leadership in Energy and Environmental Design)

Então, gostou da leitura do artigo? Se você quer saber mais sobre os benefícios da bioconstrução, leia outros artigos publicados em nosso blog!