Unisinos RS

Plantas ameaçadas de extinção são protegidas por projeto sustentável

Publicado

A natureza foi recriada em 54 hectares em Cingapura. Um projeto arquitetônico sustentável tem a capacidade de proteger plantas ameaçadas de extinção. Denominado “Gardens by the Bay” esse projeto se utiliza de recursos naturais como o vento, o sol e a chuva imitando tudo que se faz necessário para manter vivas espécies, que de outra forma correm perigo de deixarem de existir.

Gardens-by-the-Bay-1

Foram criadas duas estufas com o clima controlado dentro de cada uma delas. Uma é de clima seco e frio e outra é de clima úmido e quente. O clima é controlado para que as plantas não pereçam até a total extinção.

Formados por arcos de metal com vidros especiais, reduzem o consumo de energia até 30%. Esses vidros especiais controlam a incidência solar para que a radiação não seja excessiva e o local tenha um superaquecimento.

Gardens-by-the-Bay-2

Mesmo que haja um aumento considerável da temperatura, sensores serão acionados no telhado, como velas de barco, que farão o sombreamento imediato no interior da estufa.

Em apoio a todo esse complexo sustentável, erguem-se as Super Árvores Solares. Elas têm uma altura que varia de 25 a 50 m e chamam muita atenção. São 18 árvores ao todo e elas ficam iluminadas a noite toda. Elas têm a propriedade de captar a energia solar, abastecer as estufas com ventilação através de dutos instalados na estrutura, recolher água da chuva. Servem também como base para plantas, formando grandes jardins verticais.

Gardens-by-the-Bay-3

.