Unisinos RS

Ponte Blackfriars e o maior painel solar de Londres

Publicado

Construída em 1886 sobre o rio Tâmisa, a ponte vitoriana Blackfriars com seus 281 metros de comprimento, após reforma de milhões de libras, se tornou palco de mais de 6.000 metros quadrados de painéis fotovoltaicos, consolidando-se como maior painel solar de Londres. Além dela, a única ponte solar conhecida no mundo é a ponte de Kurilpa na Austrália, construída em 2009.

Painéis-Solares-da-Ponte-de-Blackfriars-em-Londres

O telhado da estação é coberto de placas solares, ao todo são 4.400 painéis para captar, armazenar e transformar a energia do sol em eletricidade. Os painéis solares geram cerca de 900 mil kWh de eletricidade por ano, fornecendo 50% da energia da estação e reduzindo as emissões de CO2 em 511 toneladas por ano. Além dos painéis solares, outras tecnologias da estação incluem sistemas de colheita de chuva e tubos solares para iluminação natural da estação.

size_590_blackfriars-ins

“Edifícios e pontes são partes fixas da nossa paisagem urbana e é ótimo ver que a ponte Blackfriars está gerando energia renovável“, disse em comunicado o executivo-chefe do Solarcentury, Derry Newman.

A ponte férrea vitoriana em Blackfriars é parte da história do sistema ferroviário de Londres. Construída na ‘idade do vapor’, hoje é adaptada a tecnologia do século 21 e cria uma estação icônica para a cidade.