O novo produto da Ecotelhado para águas naturalmente limpas.

O que é?

Já conhecidas em países como Austrália, Nova Zelândia e Estados Unidos, as ilhas flutuantes são a forma mais econômica para o tratamento de canais urbanos (rios, arroios, lagos) poluídos pela água suja que escoa das ruas durante as chuvas, e pela mistura de esgoto cloacal tão comum nas cidades brasileiras. Também são eficientes em lagoas de tratamento de efluentes industriais.

Para que as águas poluídas, voltem ao seu estado de pureza natural, as Ihas Flutuantes, ou Ecobarreira, seguem as leis da Biomimética, uma área da ciência que se inspira na natureza para desenvolver funcionalidades úteis aos seres humanos.

A Ecotelhado projeta sistemas de Ilhas Flutuantes para condomínios, clubes, instalações industriais ou militares com custo bem acessível.

Como funciona?

Este produto que a Ecotelhado oferece, trata, purifica e traz a vida de volta às águas contaminadas por esgotos domésticos ou industriais.

Feitas de material descartável (plásticos, etc) estes sistemas modulares funcionam como ilhas flutuantes artificiais. Nestas ilhas é feito o plantio e cultivo de diversos tipos de plantas que irão fazer o tratamento da água.

Quais os benefícios?

  • Melhoram a qualidade da água e preservam os locais habitados por seres terrestres e aquáticos, como rios, lagos ou arroios.
  • Embelezam as paisagens rurais e urbanas, revitalizando áreas de brejo ou pântano. Além disso, têm a função de servir como refúgio e alimentação para peixes.
  • São sistemas biológicos, por isso, dispensam o uso de produtos químicos.
  • São semelhantes aos Wetlands porque agem como sistemas secundários e terciários de tratamento de esgoto doméstico e sistemas secundários de efluentes industriais.
  • Têm apelo paisagístico porque podem usar diversos tipos de plantas nativas, ornamentais e até flores de corte.
  • Têm durabilidade superior à 25 anos e resistem à variações extremas de níveis de água.
  • O custo de manutenção é baixo.
  • Seus sistemas são modulares. Podendo escolher entre vários tipos de design.
  • É possível adaptar as Ilhas Flutuantes como hortas, plantando ervas, legumes e verduras.

Quero uma Ecobarreira

A Ecotelhado desenvolveu e implantou a primeira Ecobarreira de Porto Alegre. O projeto foi criado pela empresa de certificações digitais Safeweb em parceria com a prefeitura de Porto Alegre, com o objetivo de conter o acúmulo de lixo no Arroio Dilúvio e impedir que ele chegue ao Lago Guaíba.

O projeto Ecobarreira visa fazer uma barreira ecológica que conterá qualquer resíduo sólido que flutue pelo arroio, em até 20 centímetros de profundidade. Os resíduos coletados, vão ser retirados sempre que necessário e as ilhas flutuantes vão tratar um pouco a água. A estrutura será instalada no curso d’água, no trecho entre as avenidas Edvaldo Pereira Paiva e Beira Rio, próximas da foz do arroio.

Ao longo das ilhas flutuantes, existe um pórtico como se fosse uma “grade” que concentrará o lixo coletado ali, então o DMLU será responsável por retirar esse lixo e caberá ao DEP fiscalizar a operação do equipamento e sua eficácia, verificar a coleta de entulhos e resíduos capturados pela barreira ecológica. A SMAM também é parceira no projeto.

O projeto será implantado em caráter experimental e será acompanhado durante um ano, através das três instâncias. Neste período, ele será permanentemente avaliado para verificar sua eficiência, podendo vir a ser adotado como uma das práticas na recepção e coleta de lixo em arroios.

Confira mais fotos

Vídeos