Unisinos RS

Sweetwater Spectrum: bairro sustentável para autistas

Publicado

O Sweetwater Spectrum é um novo modelo de casas para suporte de adultos com autismo, oferecendo vida com propósito e dignidade. Por Leddy Maytum Stacy Architects, a micro cidade oferece casas para 16 adultos e seus acompanhantes auxiliares. Cada casa possui salas para convívio, banheiros a quartos para cada morador. O bairro também conta com grande centro comunitário para exercícios e atividades, uma grande piscina para terapias e spas, uma fazenda urbana e pomares.

527c4204e8e44ef0040001bb_sweetwater-spectrum-community-lms-architects_sw2-817-530x353

Considerando que uma a cada oitenta e oito crianças americanas tem autismo e 500.000 dessas crianças irão atingir idade adulta, não existem residências suficientes que tenham espaço e estrutura para essas pessoas. Foi pensando nisso, que em 2009, um grupo de famílias, líderes de comunidades e a Leddy Maytum Stacy Architects, fundaram a organização sem fins lucrativos, Sweetwater Spectrum, para criar estilo de vida apropriado, possibilitando uma vida longa e com qualidade para adultos com autismo.

527c4194e8e44ef0040001b8_sweetwater-spectrum-community-lms-architects_sw2-436-530x353

Para possibilitar autonomia e independência dos moradores, a comunidade foi instalada na cidade de Sonoma, na Califórnia – EUA, onde foram considerados aspectos como segurança e possibilidade de interação com outros vizinhos. O design de cada casa foi idealizado para proporcionar materiais de longa durabilidade e seguros, onde cada morador pode estabelecer seus gostos e preferências.

Visando preencher os pré-requisitos do prêmio de sustentabilidade americano LEED – U.S Green Building Council, o projeto conta com placas solares nas casas que abastecem toda energia necessária. Além disso, conta com aproveitamento máximo da orientação solar e ventilação natural para reduzir demanda energética. Tecnologias para redução do consumo da água são bem aproveitadas e os materiais para a construção são todos reutilizáveis, não tóxicos e com reciclagem do lixo produzido nas construções.