Unisinos RS

FUNDAÇÃO ACROS FUKUOKA: CENTRO ECOLÓGICO DE INTERCÂMBIO CULTURAL

Publicado

Em Abril de 1995, foi inaugurada a Fundação ACROS, um centro de intercâmbio internacional de cultura e informação, no meio da cidade de Fukuoka, no Japão. Pioneira em arquitetura ecológica, tornou-se um marco da cidade, encantando muitos com seu exterior repleto de plantas, como uma exuberante montanha verde.

hiromi watanabe

O prédio foi projetado pelo legendário arquiteto argentino, Emilio Ambasz, que integrou com excelência a natureza no centro da cidade, ao construir 15 terraços que abrigam 35 mil plantas e 76 espécies, dando lar e proteção para diversos pássaros. Também reduz a temperatura do ambiente e capta água da chuva, diminuindo consumo de água.

nkk0yqi

Por preencher o ambiente com iluminação natural, o interior é igualmente impressionante. Apresenta uma enorme e atraente entrada, bem como uma série de instalações, entre elas uma sala de música completa: a Fukuoka Symphony Hall. Além disso, possui um hall para conferências internacionais, contando com cabines de interpretação simultânea, podendo acomodar até seis idiomas. Já o Centro de Informações Culturais e a Galeria Takumi, ocupam-se com as informações úteis para os turistas de Fukuoka, Kyushu, e Yamaguchi, e tem exposições permanentes de artes e artesanatos tradicionais.

nun3m9w

O nome ACROS é uma abreviação para Asian Crossroads over the Sea – Encruzilhadas da Ásia sobre o mar. Durante séculos, Fukuoka tem sido uma cidade aberta e à frente do seu tempo. Assim, os seus fundadores afirmam: “lutaremos para transformá-lo em um centro de intercâmbio cultural, cruzando os mares e conectando diversos países asiáticos”.