horta-vertical

5 cuidados com a horta vertical para pequenos espaços

Publicado

A horta vertical é uma excelente opção para quem deseja ter um cantinho verde em ambientes pequenos, como apartamentos ou pequenos quintais. 

Nesse tipo de horta é ideal cultivar plantas que não ocupam muito espaço. As ervas são ótimas para isso e se adaptam bem nesse estilo de horta. 

O cultivo de uma horta vertical também é uma excelente maneira de fazer com que o seu filho fique mais próximo à natureza. 

No mundo de hoje, quase tudo está relacionado com a tecnologia e as crianças estão cada vez mais viciadas em brincadeiras e jogos que envolvem o uso de tablets  e smartphones. Isso além de ser prejudicial para o desenvolvimento dos pequenos, também faz com que eles percam o interesse pela natureza.

Pensando nisso, a Ecotelhado organizou uma oficina para crianças, que ocorreu nos dias 16, 17 e 18 de janeiro no showroom da Ecotelhado em São Paulo. O objetivo era incentivar o contato das crianças com a natureza, proporcionando momentos com as mãos na terra.

Mudas de alface, salsinha, hortelã, lavanda, orégano e outros temperos fizeram a alegria das crianças, que podiam escolher até 3 tipos de mudas para plantar na floreira.

Os três dias de oficina contaram com cerca de 30 crianças e 40 adultos, que tiveram a oportunidade de plantar e aprender sobre os cuidados básicos com as plantas. 

Além disso, eles também aprenderam como fazer um óleo cicatrizante com azeite, camomila e alecrim com a Aline, especialista em Cosmetologia Natural, e puderam levar um vidrinho de óleo para casa.

A oficina foi organizada pelo engenheiro ambiental especialista em arquitetura da paisagem, Cássio Thomé, que também é responsável pelo showroom da Ecotelhado em São Paulo. 

Inspire-se com nossa oficina e comece a pensar na sua horta vertical. Montar um cantinho verde que não ocupa muito espaço e trazer a natureza para mais perto de sua família pode ser muito especial! 

Confira 5 cuidados com a horta vertical para pequenos espaços 

  • Escolha uma parede com ótima iluminação

Não é novidade que as plantas precisam de uma iluminação adequada para se desenvolver, não é? Por isso, opte por uma parede com bastante claridade! O ideal é que a horta receba o sol da manhã ou do final da tarde. Não deixe as plantas o dia inteiro no sol!

  • Ventilação

Outro fator muito importante é a ventilação. É ideal que a horta vertical seja construída em um lugar que circule vento. Locais abafados prejudicam o desenvolvimento das plantinhas. 

  • Escolha as plantas certas 

Como o espaço é pequeno, você deve escolher plantas que não crescem muito. Em hortas verticais, é indicado o plantio de ervas e plantas medicinais. Alecrim, manjericão, hortelã, orégano, cebolinha, tomilho, coentro e pimenta se dão muito bem nesses ambientes pequenos.

  • Regue sempre 

A água é de extrema importância para a sobrevivência das plantinhas. Regue sempre que a terra estiver seca, molhe até que fique mais escura e nunca encharque!

  • Não se esqueça de adubar

O adubo é essencial para o crescimento saudável da planta. O ideal é que de três em três meses você revire toda a terra e acrescente adubo de minhoca, é fácil achar em casas agropecuárias.

Nos últimos anos têm se debatido muito a respeito da qualidade dos alimentos saudáveis que são vendidos. A maior parte das folhas, verduras e legumes que comemos, possuem diversas substâncias que fazem mal ao nosso organismo. 

Muitas pessoas já aderiram ao estilo da horta vertical e optaram por comer o que plantam nela. 

Ensinar os filhos a comer bem e plantar de forma consciente é uma ótima maneira de protegê-los contra os alimentos com substâncias tóxicas e hormônios. 

Comece hoje mesmo a sua hortinha e conte com as soluções da Ecotelhado!