Unisinos RS

Cidades Sustentáveis do Futuro – parte 2

Publicado

Dando seguimento à série “Cidades Sustentáveis do Futuro”, hoje falaremos sobre New Songdo, Coréia do Sul.

NEW SONGDO – A CIDADE INTELIGENTE

Pioneira no conceito de U-City, New Songdo está sendo construída na Coréia do Sul e não é ficção científica. A previsão é que esteja concluída em 2015, com toda tecnologia prometida pelas Ubiquitious Cities. A  sua localização estratégica permite alcançar um terço da população mundial em pouco mais de três horas de vôo. Mercados regionais como Rússia, China e Japão estão muito próximos, o que faz desta cidade o epicentro comercial asiático.

the-development-sits-on-1500-acres-of-reclaimed-land-thats-almost-twice-the-size-of-new-yorks-central-park

A tecnologia de computação estará presente em Songdo. Estima-se que as casas terão centenas ou  milhares de chips por onde  irão circular diversos dados e informações. Algumas das grandes apostas dos planejadores do distrito são o uso máximo da  RFID (identificação por radiofrequência), assim como  dispositivos com sensores. Quando concluída o sistema de infra-estrutura da cidade será um banco de ensaio para novas tecnologias, e da própria cidade vai exemplificar uma forma de vida digital.

O Plano Diretor de Songdo, contém elementos de outras cidades como Sydney, Veneza, Paris, Nova York e Londres. Todas serviram como modelos de projetos especializados que contribuíram para a sua estrutura. Uma mistura nova e única para criar a cidade que contém todas as funções principais  para apoiar as necessidades das pessoas que vivem e trabalham lá.

Songdo também deverá ser reconhecida por seu aspecto sustentável. Quarenta por cento do seu território será destinado a áreas verdes. Seus edifícios irão utilizar 20% a menos de água e 14% a menos de eletricidade em relação a uma cidade típica do mesmo tamanho. Todos os prédios deverão ter certificados de padrões internacionais de design e construção sustentáveis. O canal do parque central usará água do mar, economizando milhões de litros de água potável por dia. O consumo de água potável por sistemas de encanamento será reduzido em até 40% dependendo do projeto utilizado. A água de chuvas será utilizada ao máximo e melhor aproveitada por telhados especialmente desenvolvidos, eles  também irão amenizar o efeito estufa.

the-development-will-include-about-10-million-square-feet-of-retail-space

Outras medidas aliadas à tecnologia também serão utilizadas, como o sistema de vigilância para indicar as ruas onde o movimento é menor para que a iluminação seja reduzida nestes locais. Diminuir o uso de carros, responsáveis pela poluição, é um dos principais objetivos no projeto. Os modos de transporte alternativos serão priorizados, como uma rede de 25 km de ciclovias e transportes aquáticos nos canais da cidade. Songdo contará com um transporte público de qualidade por meio de ônibus e metrôs e além disso, 5% das vagas de estacionamento serão reservadas para veículos de baixa emissão de poluentes, e quadras comerciais terão mais 5% das vagas para carros com carona. Enfim, trata-se de um grande projeto de cidade sustentável do futuro.

Fonte: http://atverdebrasil.com.br