Imagem de vasos de plantas em sacos sustentáveis para simbolizar green building

Como os green buildings e o seu Design Biofílico aplicado em ambientes médicos contribuem para o bem-estar dos pacientes

Publicado

(Imagem: Ecotelhado / Divulgação)

Se você chegou até aqui, é porque provavelmente já deve ter ouvido falar em green building.

Esse termo é simbolizado por algumas práticas e tecnologias sustentáveis, que devem estar presentes na concepção e finalização de um projeto arquitetônico e durante o funcionamento da edificação.

Algumas dessas práticas são:

  • Economia hídrica e energética
  • Emissões de poluentes
  • Destinação de resíduos e rejeitos 
  • Áreas verdes e permeáveis
  • Detenção e reaproveitamento de águas pluviais
  • Utilização de materiais reciclados e recicláveis

Sendo um green building um conceito de construção efetivamente sustentável, ele não visa apenas a redução dos impactos ambientais, mas também maior eficiência econômica da edificação, a qual não deixará de dispor de elementos que valorizem aspectos sociais pertinentes, como, por exemplo, a saúde das pessoas que dela usufruem direta ou indiretamente.

É o caso de muitos hospitais, clínicas médicas e dos mais diversos estabelecimentos da área da saúde, cujas instalações não apenas apresentam recursos que permitem o menor impacto ambiental possível, mas também dispõem de design biofílico interno e externo que promove a saúde e o bem-estar de seus pacientes e colaboradores.

 Como isso acontece? Para entender mais, leia o conteúdo abaixo. Confira!

A importância do Design Biofílico para o bem-estar dos pacientes em estabelecimentos de saúde

A palavra biofilia vem do grego, a partir da junção das palavras Bios (Vida) e Philia (Amor) e seu conceito foi desenvolvido pelo biólogo Edward O. Wilson em sua obra “Biophilia”, de 1984. 

Para ele, a atração da vida por outras formas de vida é inata aos seres vivos, inclusive aos seres humanos. Trata-se de algo perceptível diariamente, e se encontra presente nas pessoas desde o início da infância em diante (p. 85).

Essencialmente, o design biofílico se propõe a trazer a natureza para dentro dos projetos de construção. 

Seu impacto vai muito além da estética e da própria ideia de eficiência ambiental visada por uma edificação sustentável e se reflete diretamente no bem-estar dos seres humanos, revelando-se, assim, parte importante no cuidado de pacientes em instituições médicas.

Isso porque ambientes desprovidos de cor (ou monocromáticos), de superfícies lisas, estéreis e carentes de beleza e informação contribuem negativamente para a formação de neuroses, comportamento antissocial e ansiedade.

Por outro lado, há evidências de que pacientes em pós-cirúrgico mantidos em ambientes com janelas voltadas para o verde se recuperaram mais rápido do que aqueles que visualizam apenas prédios.

Pacientes que têm contato com o verde são menos propensos a necessitar de medicamentos e apresentam, inclusive, mais disposição e humor, como explicou a arquiteta Bia Rafaelli Casaccia em recente matéria que explicou como a natureza auxilia no bem-estar dos pacientes.

A matéria apresenta a reforma feita junto ao Instituto do Câncer Infantil, em Porto Alegre (RS), que teve a contribuição da Ecotelhado com o produto vasoflex.

Nessa linha, fazer uso de cores naturais, como o verde e o azul em tons terrosos em vez do tradicional branco se revela uma opção interessante. 

Melhor ainda, porém, é decorar o ambiente médico com vasos de plantas e lindos jardins verticais. 

Telhados verdes acessíveis ao público, como os rooftops sustentáveis, também contribuem bastante para o bem-estar de pacientes e colaboradores de instituições hospitalares.

(Imagem: ICI / Divulgação – Revista Casa e Jardim)

Green buildings para empreendimentos médicos necessitam de Design Biofílico

Assim, não basta um hospital ou qualquer estabelecimento voltado para a saúde atender formalmente a critérios de sustentabilidade: é preciso ser dotado de design biofílico. 

Caso contrário, ainda que um selo garanta que aquela construção consuma pouca água e energia elétrica e faça adequado manejo de seus resíduos, por exemplo, sua estrutura acabará deixando de promover o seu fim primordial.

Esse foi o espírito adotado pelo famoso Khoo Teck Puat Hospital. Situado em Singapura, o hospital foi pensado para que a saúde e o bem-estar dos seus pacientes fossem promovidos não só por meio dos seus serviços médicos ordinários, mas através do seu próprio design biofílico. 

A forma como a natureza é promovida por suas instalações é impressionante!

Enfim, os green buildings representam, já faz algum tempo, mais do que uma tendência, mas um padrão a ser seguido por arquitetos, construtores e até mesmo por gestores públicos ao conceberem, planejarem e executarem obras de estabelecimentos de saúde. 

No entanto, é preciso atentar para o seu design biofílico, afinal, tão importante quanto erguer hospitais certificados como sustentáveis é dotar suas estruturas de uma infraestrutura verde que contribua para o pleno restabelecimento físico e mental de seus pacientes.

Para isso, a Ecotelhado oferece diversas soluções para Design Biofílico e Arquitetura Verde, Ecológica e Sustentável!

Visite a nossa loja online e navegue pelo site para conhecer os nossos sistemas de Captação de Água, Jardins Verticais, Telhados Verdes, Lagos e Piscinas Naturais, Muro Vegetado, Ecopavimento, Ecoesgoto, Sistema Construtivo Ecotelhado e muito mais.

 Entre em contato para fazer o seu orçamento!