Unisinos RS

Projeto propõe o uso de telhado verde em ônibus na Espanha

Publicado

O biólogo e paisagista catalão Marc Grañén, criador do projeto Phyto Kinetic, conta ter recebido o maior impulso e as melhores idéias de seus filhos pequenos, que ao ouvirem o pai contar sobre um ônibus que carregava plantas, logo começaram a desenhar e dar ideias para o projeto.

urban

Além da problemática ecológica, o Phyto Kinetic parece responder muito bem às exigências técnicas Toda irrigação, ou quase toda, é feita reaproveitando o sistema de refrigeração do automóvel. Por outro lado, nos meses frios, em que há redução do uso desse recurso, podem ser feitas regas manuais ocasionalmente. De toda maneira, muitas das espécies utilizadas são pouco exigentes nesse quesito.

O “cultivo”, por sua vez, é feito no sistema de hidroponia, o que reduz o peso do substrato e facilita a impermeabilização. Basicamente, são usados muitos dos recursos já disponíveis para os telhados verdes estáveis, mas a fixação das plantas é reforçada.

Grañén, no entanto, adverte que o ônibus deve se adaptar às características climáticas e de vegetação dos locais em que são implementados, garantindo, assim, a biodiversidade e a baixa manutenção, em termos vegetais, do telhado.

capim

Com relação ao peso do automóvel, o impacto é suficiente para reduzir a capacidade de transporte de passageiros em pé, retirando dele 1 pessoa por m². Dessa maneira, há também um pequeno deslocamento, para cima, do centro de gravidade do veículo, o que, consequentemente, implica na necessidade de redução da velocidade.

Atualmente, o Phyto Kinetic circula como linha turística na Catalunha e vem sendo exibido em mostras e convenções sobre soluções ecológicas para o meio urbano. A aceitação foi tanta que os criadores estão em tratativas para implementar uma linha dentro da cidade de Barcelona com o telhado verde.